UM POUCO DE UMA HISTÓRIA DE AMOR PURO

Tudo começou com um pedido à Deus e a resposta positiva a um coração aflito.

Após 38 anos em cargo de alto escalão no governo federal na área da saúde, uma MULHER  poderia com sua ótima aposentadoria, aproveitar merecidamente as boas coisas da vida, como viagens pelo mundo e mordomias diversas.

Más com o intuito de retribuir a graça alcançada, através da cura de uma das filhas, esta mulher colocou sua vida à disposição dos semelhantes.

Era querida por todos que a conheciam.Tinha grande disposição em sempre ajudar, uma enorme alegria de viver e principalmente uma fé inabalável e raro AMOR AO PRÓXIMO que como um ímã, atraia pessoas à sua volta.

A MULHER: LOURDES FERES KHAWALI

O OBJETIVO E LEMA PRINCIPAL: ajudar os necessitados não dando o peixe, mas ensinando a pescar

Iniciou-se, então, a ideia de atender mães carentes que, necessitando trabalhar, não tinham onde deixar seus filhos.

Em 25-06-1983, começou a funcionar, na sede de uma casa espírita em Jundiaí, o atendimento a 30 crianças carentes.

No entanto, a burocracia operante, não permitia o vínculo da creche a uma entidade religiosa, negando subvenção.

Foi então que em  07-12-1983, a Creche Mãe Meimei, passou a operar como uma Instituição Sem Fins Lucrativos de Assistência Social, sem nenhuma conotação religiosa.

Más a Moral Cristã nunca deixou de ser diretriz única para o atendimento dos mais necessitados.
A ideia de uma sede própria para atender maior número de famílias foi se materializando pela diretoria e em 1984, foi procurado o prefeito da época: André Benassi.

Pedidos foram feitos. Reconhecida a supremacia da obra, a Prefeitura Municipal de Jundiaí doou 3 lotes de terreno.

Trabalho árduo e sério foram desdobrados para tal obra. Muito dinheiro foi envolvido e a obra só foi concluída graças a doações e a eventos realizados pela própria entidade e com recursos próprios de sua idealizadora.

O povo jundiaiense tem sua grande parcela de ajuda, mostrando sua generosidade nas doações e participações em festas, bingos, bazares.

Duas pessoas são citadas com carinho nessa história: DONA MERCEDES E SEU ESPOSO SEBASTIÃO GOMES DA SILVA. Ela, mulher atuante e determinada, grande contribuição teve na fundação da creche, propagando com carinho e devoção, ensinamento de higiene, limpeza, asseio.
No dia 31/07/1987, ocorreu a mudança para o prédio novo.

Más a Dna Lourdes e seus colaboradores eram incansáveis e queriam mais.

Veio então a ideia da construção de um berçário.

Outra vez venceu a determinação de uma mulher.

Contribuições vieram, mas os eventos e esforços da própria fundadora foram os maiores responsáveis por esta nova empreitada..

Mais uma vez uma pessoa é citada com carinho: MARIA TEREZA PETRILI PUPO, carinhosamente conhecida como TITI. Demonstrando a generosidade de seu coração, ao receber uma casa como herança de sua madrinha, não pensou duas vezes. Vendeu-a e doou todo o dinheiro para ajudar na construção do Berçário Portal de Luz, que começou a funcionar em 01-01-1992 em prédio muito próximo à Creche Mãe Meimei.

A Dna Lourdes chegava dia após dia às 7h00 da manhã e só saia da entidade às 17h00, ao final das atividades.

Em Setembro de 2008, aos 84 anos, em mais um dia de trabalho, a Dna Lourdes, em sua sala na Creche Mãe Meimei, sofreu um AVC que a afastou fisicamente do lugar que mais tinha prazer em estar.

Más até o seu desencarne, em 2011, nunca deixou de participar das decisões mais importantes.
Fez um único pedido a seu filho que sempre a acompanhou nesta jornada e em 2008 passou à presidência da Instituição: NUNCA DESISTA! SIGA EM FRENTE E TENHA COMO DIRETRIZES OS ENSINAMENTOS DE CRISTO. TUDO DARÁ CERTO!

Em homenagem a esta mulher, a Instituição passou a se chamar  " ASSOCIAÇÃO LOURDES FERES KHAWALI.

O reconhecimento pelo trabalho sério, árduo e maravilhoso realizado pela entidade, é responsável pela sua credibilidade.

A Creche  Mãe Meimei e o Berçário Portal de Luz, agora considerados anexos da A.L.F.K .continuam em atividades, com capacidade para até 280 crianças de 0 a 3 anos e com  1750 m2 de área construída.

Hoje, a Associação Lourdes Feres Khawali se tornou a maior instituição voltada ao atendimento do setor creche da região e através de parceria com a Secretaria da Educação de Jundiaí, com a ajuda de doações do Poder Judiciário, créditos do programa da Nota Fiscal Paulista e com a sempre ajuda da população jundiaiense, pode oferecer altíssima qualidade de ensino pedagógico e confortável e agradável estada em período integral para nossas preciosas crianças.

Créditos estes dados  ao AMOR que a sucessora da Dna Lourdes , sua nora Cláudia Cristina P. Khawali, dedica as crianças e as funcionárias da instituição.

É com grande orgulho que podemos afirmar que a instituição em seus 35 anos de existência, NUNCA,  cobrou uma moeda sequer das milhares de famílias já atendidas até então.

Existe um Plano Diretor que aos poucos será consolidado e que vai se voltar a outras áreas de atendimento à criança.

Muito se tem a agradecer a todos que contribuíram para a realização de um ideal de vida.

Mas principalmente DEUS iluminou o coração de uma pessoa especial: DONA LOURDES.